Antes de assistir a esse vídeo entre duas lesbiens confiram a seguir um relato de uma das vagabundas ” Eu por diversas vezes olhava para ela e sentia uma tesão enorme, quando trocava de roupa na minha frente era difícil controlar os olhares e eu percebia que muitas vezes ela fazia bem mesmo para provocar. Um dia fomos a uma festa, participamos de uma festa e nos embriagamos ela começou a passar mal e me pediu para ficar com ela ate dormir.

Ela se deitou e eu ao lado dela, me pediu para mexer nos cabelos dela ate melhorar, muitas vezes ela pedia isso. Comecei a mexer em seus cabelos e não sei se foi a bebida ou o perfume que exalava de seu corpo, mas sentia um tesão incrivel. Me contive ao Maximo, ela parecia ter adormecido eu já estava louca de tesão de vê la deitada semi nua virada de costas para mim, abracei seu corpo que estava quente, comecei a acariciar sua barriga, percebendo que ela não se mexia parecendo estar adormecida, fui explorando seu corpo, sentindo seu cheiro.

Cheguei a seus seios, estavam com evidentes sinais de excitação. Beijei seu pescoço, ela se arrepiou, mas permaneceu imóvel. Desci minha mão para sua barriga, fui penetrando lentamente em sua calcinha, mas como ela não se movia, retirei minha mão, eu já estava enlouquecida de tesão, comecei a me masturbar  Foi quando ela ainda de olhos fechados, fingindo dormir, entrou com sua mão por entre a calcinha e começou a se masturbar, pegou minha mão e colocou em sua buceta que estava completamente molhada, deliciosa, meladinha.

O tesão tomou conta de nos duas, ela tirou minha roupa e começou a chupar meus seios, ela chupava e brincava com minha xota, gemia de prazer. Eu estava toda molhada, escorria por minhas pernas, o tesão era muito. Ela foi descendo com sua boca carnuda, deliciosa e mergulhou na minha buceta. Eu delirava, nunca recebi um oral tão bem feito. Ela colocou seu dedo no meu cu e continuou me chupando, eu gozei. Coloquei ela de quatro e chupei sua buceta, chupei seu cuzinho que pulsava, ela gritava de prazer totalemente entregue a mim. Pentrei com dedo sua buceta, deiciosa, macia meladinha….agarrei seus seios e continuei a masturba-la, ela gemia, gritava alucinada. Chupei sua buceta, que gosto delicioso suguei todo seu suco, ia chupando aquela buceta maravilhosa e me masturbava, ela gozou em minha boca…”

Depois desse relato, só resta ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *